Ceni minimiza fator campo e exalta “atuação absurdamente grande”

0
190
Rogério Ceni elogiou a atuação do São Paulo na vitória por 2 a 0 sobre o Linense (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Atuando como visitante em seu estádio, o São Paulo largou na frente do Linense e venceu o jogo de ida, por 2 a 0, encaminhando sua classificação às semifinais do Campeonato Paulista. Ciente de que fazer o primeiro jogo no Morumbi como mandante não é o cenário ideal para o adversário, o técnico Rogério Ceni afirmou que não foi por isso que sua equipe saiu vitoriosa nesta tarde.

“Eu acho sempre mais justo cada um jogar sempre dentro do seu estádio. Não sei exatamente o que ocorreu, mas pelo o que eu vi o presidente do Linense não tinha condição de mandar o jogo em Lins. Talvez fosse mais coerente mandar no Pacaembu, mas parece que não houve tempo hábil para isso”, analisou o treinador, em entrevista coletiva, após a partida.

Jogando diante de pouco mais de 15 mil são-paulinos, o Tricolor construiu o seu triunfo no segundo tempo, quando Diego Felipe, contra, e Lucas Pratto balançaram as redes, aos quatro e 48 minutos, respectivamente.

“Não é por isso que a gente ganhou o jogo, mas dá uma interpretação a vocês (jornalistas) de uma vantagem dentro de campo. O importante para nós é que a gente tenha um gramado em boas condições de jogo”, pontuou, antes de admitir os questionamentos da imprensa.

“Faz sentido vocês colocarem isso de o São Paulo jogar as duas vezes no Morumbi, assim como faz sentido o Linense ter uma renda maior”, conscientizou-se, adotando cautela em termos de classificação. “É um placar completamente reversível”, acrescentou.

Em relação ao que se viu dentro de campo, Rogério Ceni saiu completamente satisfeito com o desempenho de seus comandados. “A atuação foi absurdamente grande, 71% de posse de bola, 22 finalizações contra quatro do adversário, quase 600 passes trocados, 43 cruzamentos contra três…Acho que nós fizemos um dos melhores jogos desde que começamos o ano”, comemorou.

“O time se postou firme, jogou sério, taticamente foi um time foi muito obediente, soube ter posse de bola, fez as tabelas e os cruzamentos. Nós treinamos as coisas e saíram bem feitas hoje”, concluiu, convicto da boa atuação do São Paulo.

Por Gazeta Esportiva

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA