São Paulo procura clube para Pedro, lançado ao lado de Neres como titular

0
132
Pedro perdeu espaço no São Paulo de 2017: saída é empréstimo (Foto: Érico Leonan / saopaulofc.net)

 

O atacante Pedro apareceu no time titular do São Paulo pela primeira vezao lado de David Neres, no dia 22 de outubro. A dupla esteve entre os 11 na vitória por 2 a 0 sobre a Ponte Preta, no Morumbi, pelo Brasileirão-2016.

Eles também foram importantes na virada por 2 a 1 sobre o Fluminense, fora de casa, partida em que o então técnico Ricardo Gomes sofria pressão e corria risco de demissão. Entraram no segundo tempo e ajudaram o time a melhorar e conquistar a vitória.

> VEJA A TABELA DO PAULISTÃO

Depois, porém, os dois tomaram caminhos distintos. Neres engrenou, chamou a atenção e acabou vendido ao Ajax, da Holanda. Já Pedro, promovido em julho de 2016, perdeu espaço e hoje treina separadamente.

A intenção do São Paulo agora é emprestá-lo para que ele possa ganhar experiência e voltar mais bem preparado. O Fortaleza mostrou interesse no atleta, mas a situação não evoluiu.

Nesse contexto, o exemplo positivo é Luiz Araújo, que voltou após um período de empréstimo ao Novorizontino e hoje se destaca na equipe comandada por Rogério Ceni. Chegou inclusive a receber uma proposta do Lille, da França, que pagaria R$ 20 milhões,mas ficou no clube após conversa com o técnico.

– O Rogério achou melhor dar um tempo para o Pedro e alguns outros jogadores. A ideia é continuar buscando um clube para serecolocarem e melhorarem. Vejam o caso do Araújo no ano passado: foi para fora, fez um bomtrabalho e hoje se esforça ao máximo. Aparece bem – disse o diretor de futebol José Jacobson Neto.

+ Cícero presenteia filho Enzo com bola dos três gols pelo São Paulo; veja

São Paulo x Ponte Preta comemoração (Foto: Marcos Ribolli)Pedro (com braço erguido) comemora gol do São Paulo contra Ponte, em 2016 (Foto: Marcos Ribolli)

O dirigente diz que Ceni conversou com Pedro e os demais jogadores que não vêm sendo aproveitados para fazê-los entender que não há espaço para todos. Assim, uma saída por empréstimo pode ser uma boa alternativa. Lucas Kal, zagueiro revelado na base e que não estreou no profissional, vive a mesma situação e também treina separado do elenco.

– Para esses atletas, a opinião do Rogério Ceni de colocá-los em outro clube para adquirirem força e experiência seria muito boa. O Rogério conversa muito com jogadores. Como treinador de futebol é uma pessoa que agrega os atletas. Só 11 jogam, outros vão para o banco e alguns não são relacionados. O trabalho do Rogério tem sido muito importante nesse sentido – disse Jacobson.

+ Maicon não deve jogar domingo, e Breno quer sequência por confiança

Segundo o diretor, o clube tem acompanhado o dia a dia dos atletas nos novos clubes. Matheus Reis (Bahia), Tormena (Novorizontino) e Matheus Queiroz (CRB) são alguns dos atletas revelados na base que foram emprestados. A ideia é não deixá-los sem amparo.

O caso do atacante Robson, emprestado pelo Paraná até maio, é diferente. O Tricolor informou ao jogador que não tem interesse no seu futebol e o liberou para buscar um novo clube.

No time profissional do São Paulo, Pedro fez 10 jogos e não marcou nenhuma vez. Neres, vendido após oito partidas, fez três gols.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA