São-paulinos sentirão orgulho do diferenciado Lyanco

0
742
(Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Teve clássico. E eu sei que vocês esperavam que eu falasse do empate diante do Corinthians, por 1 a 1, no Morumbi. Mas a semana não foi marcada apenas pelo bom jogo do São Paulo em casa. Março de 2017 marcou também a saída do jovem e promissor zagueiro Lyanco do clube. Vendido ao Torino, o rápido e brutal zagueiro seguirá sua carreira bem longe do Morumbi. Lyanco vai, mas seu coração e tudo aquilo que cativou ficam.

Lyanco precisa jogar. No São Paulo, por conta dos ótimos Maicon e Rodrigo Caio, não teria como. Mesmo com a sua evidente evolução em curso e com condições de ser titular do Tricolor, sua ida ao futebol italiano é providencial para sua carreira. O momento era realmente agora. E por falar na carreira dele, tenho toda convicção do mundo de que será muito boa. Se seguir melhorando seus pontos fracos – tem alguns, sim – e aprimorando seu enorme potencial técnico e físico, principalmente, os minutos em campo que deve agora ter com mais constância e a escola de jogo do futebol da Itália o farão ser referência na posição.

Mesmo não sendo completamente formado em Cotia, Lyanco tem no São Paulo uma razão para estar vivendo, agora, aos 20 anos de idade, um momento importante. Fase essa que tantos outros que jogaram junto com ele não tiveram. Vendido com preço de gente grande, o menino carismático e de lido fácil – algo que presencialmente pude comprovar em Natal durante a preparação para o jogo contra o ABC – será muito em breve um motivo de orgulho ao torcedor são-paulino. A torcida vai olhar para ele, vai seguir acompanhando, vai notar seu iminente sucesso e sentir-se parte dele, assim como faz com Lucas Moura. São garotos parecidos. São garotos diferentes. O torcedor vai ser parte disso, sim, pois jogadores passam por clubes, mas clubes como o São Paulo não passam por jogadores. Clubes sempre ficam. Os sentimentos também.

A atenção com que atende os fãs, o carinho e a gratidão que demonstra pelo clube e por sua gente, aliados ao indiscutível talento e potencial como profissional farão de Lyanco um jogador de alto nível. E não sou eu que estou dizendo, o mundo diz. Lyanco é um cara visado por todos. Nos quatro cantos deste planeta se sabe sobre um zagueiro brasileiro de sangue sérvio que vem evoluindo e sendo caçado por causa de sua capacidade de jogar bola.

E, sabe, sou daqueles que pensa ser toda pessoa competente merecedora de sucesso profissional, independente de personalidade ou caráter. Mas, mesmo pensando assim, também sou daqueles que, além de sucesso, deseja para pessoas como Lyanco – as boas – que elas sejam felizes.

Valeu, Lyanco!

Sorte na Itália!

Sempre me lembrarei de ter visto no campo seu último jogo pelo São Paulo. Você merece tudo que aconteceu de bom na tua vida. És diferenciado, e um cara muito bom!

Seja feliz!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA