Raí pode fazer parte de novo Conselho do São Paulo após eleição de abril

0
108
Raí é um dos nomes de Leco para o futuro Conselho de Administração (Foto: Filipe Rodrigues)

O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva e Raí conversam sobre a possibilidade de o ídolo virar um dos membros do futuro Conselho de Administração do São Paulo, órgão a ser criado por determinação do novo estatuto, depois da eleição de abril. Leco vai concorrer à reeleição com José Eduardo Mesquita Pimenta, candidato da oposição.

Em uma eventual nova gestão, Leco quer ter ao seu lado o ex-jogador identificado com a torcida e a história do Tricolor. Raí entraria como um dos três membros independentes, a serem indicados justamente pelo presidente eleito. O ídolo é simpático à ideia.

Nos bastidores, há quem considere o acordo alinhado. Os dois lados, no entanto, não falam sobre o assunto. Há um temor de Raí e do atual presidente de não envolver a ideia no processo eleitoral do São Paulo. O ídolo não quer ter seu nome ligado à disputa do clube. Por isso, as conversas serão retomadas caso Leco vença a eleição.

Pelo novo estatuto do São Paulo, o Conselho de Administração será formado por nove integrantes: presidente, vice, três membros independentes indicados pelo mandatário (não podem ser conselheiros), três membros do Conselho Deliberativo e um do Conselho Consultivo (órgão formado por ex-presidentes).

O Conselho de Administração será responsável, entre outras coisas, por fiscalizar a gestão da diretoria, aprovar a remuneração de eventuais dirigentes e contratos de diversas naturezas, além das indicações dos executivos feitas pelo presidente eleito.

Por GloboEsporte.com

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA