Ciúme, irmão cover e xodozinho: a intimidade de Luiz Araújo com a família

0
552
 Luiz Araújo festeja gol contra o ABC, no Morumbi
(Foto: Marcos Ribolli)

A vida de Luiz Araújo mudou muito no começo deste ano. Da reserva no São Paulo no ano passado, ele virou a sensação da equipe em 2017. O atacante está sentindo os efeitos da rápida popularidade no dia a dia. Quando sai nas ruas, é constantemente parado para fotos. Nas redes sociais, os seguidores só aumentam.

– É engraçado quando as pessoas pedem para tirar foto comigo. Fui ao shopping com meu irmão e me pararam. Não estou acostumado ainda – diz o atacante.

Autor de cinco gols neste ano, Luiz Araújo não deixa o sucesso subir à cabeça. Nesse sentido, a família ajuda muto. O GloboEsporte.com passou a manhã da última quinta na casa do atacante, localizada em Vargem Grande Paulista, na Grande São Paulo, e acompanhou como o atacante tem afinidade com os parentes. Principalmente com o pequeno Ezequiel, de nove anos, o xodó do atacante.

Enquanto dona Cristina, mãe do jogador, fazia almoço (arroz, feijão e carne com batata), o atacante começou a jogar uma partida de futebol no videogame com Ezequiel. Não terminaram o duelo, interrompido quanto estava 0 a 0. O caçula da família, composta por quatro filhos (três meninos e uma menina), garante ser melhor que o famoso irmão nos gramados virtuais.

Nesse clima família, Araújo curtiu seus dois gols e a vitória da última quarta sobre o ABC, por 3 a 1, pela Copa do Brasil. O atacante sofreu uma pancada no tornozelo que o deixou com dores. Garantiu já estar bem, apesar de reclamar que foi caçado pelos rivais.

– Antes, eu driblava mais e também apanhava mais. Hoje, como eu toco mais a bola, apanho menos – comenta.

Os olhos de Luiz Araújo e de seu pai brilharam enquanto eles assistiam aos dois gols que o atacante marcou. Até o cachorro Kelvin ficou ligado na televisão. O próprio atacante, ainda tímido, aprovou muito seu domínio de bola no segundo gol do Tricolor.

 

Solteiro, Luiz Araújo diz que espera Deus colocar alguma mulher em sua vida. Por enquanto, não tem pressa. Mesmo porque a irmã Vitória é ciumenta e deixa claro que não quer ver a sensação do Tricolor apaixonado neste momento.

Enquanto o contrato do atacante ainda não é renovado, a família Araújo segue desfrutando cada momento de brilho do atacante, no sofá de casa ou nas cadeiras do Morumbi, onde estão sempre presentes. Eles têm de se acostumar: agora têm uma estrela dentro de casa.

– Sou muito parecido fisicamente com meu irmão. Saio nas ruas e me chamam de Luiz Araújo. Eu nem falo nada. Quem está famoso é ele – brinca Gabriel, um ano mais novo.

Por GloboEsporte.com

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA