São Paulo volta dos EUA confiante, mas ainda com velhos problemas

0
246
São Paulo tem esquema definido, mas ainda peca nas finalizações a gol (Foto: Rubens Chiri/ SPFC)

O São Paulo desembarcará no Aeroporto Internacional de Guarulhos na noite desta segunda-feira com muita confiança na bagagem. Durante a pré-temporada nos Estados Unidos, o time do Morumbi adquiriu padrão de jogo e conquistou o título da Copa Flórida em cima do Corinthians. No entanto, o técnico Rogério Ceni ainda não conseguiu corrigir um velho problema da equipe, a falta de pontaria.

Foram 15 sessões de treinos em 16 dias de estadia em território norte-americano. Na Academia IMG, em Bradenton, o elenco foi submetido a dois jogos-treino e a trabalhos considerados inovadores pelos próprios jogadores, que puderam conhecer melhor a figura do Rogério Ceni técnico. Lá, também foi definido o esquema tático da equipe, o 3-4-3, o preferido do comandante ao menos por enquanto.

Ao final desta primeira etapa de trabalhos, veio o primeiro desafio, a estreia na Copa Flórida. Contra o River Plate, o Tricolor se mostrou uma equipe organizada, segura defensivamente e com o domínio da posse de bola. Tanto que criou ao menos oito chances claras de gol na primeira etapa, mas nenhuma convertida, repetindo uma deficiência apresentada durante o Campeonato Brasileiro de 2016, em que teve o oitavo pior ataque.

No segundo tempo, com uma formação composta por atletas mais jovens e alguns considerados reservas, o São Paulo caiu de rendimento e por pouco não saiu derrotado pelos argentinos, denunciando um desequilíbrio em seu elenco, patologia diagnosticada já no ano passado e que persiste até hoje, apesar das chegadas de Wellington Nem, Neilton, Cícero e Sidão.

No Majestoso, que marcou a final do torneio, o time do Morumbi foi melhor nos primeiros 45 minutos e sequer foi ameaçado. Na etapa final, com a mexida em algumas peças do arquirrival, o Tricolor pouco criou e ainda viu os corintianos desperdiçarem boas oportunidades.

Mesmo sem balançar as redes, o São Paulo se sagrou campeão na Flórida. Isso graças às quatro defesas de pênaltis do goleiro Sidão (duas contra o River, e outras duas diante do Corinthians), que pôde dar confiança e tranquilidade para o elenco tricolor na sequência de sua preparação para as competições de 2017.

“A confiança é o mais importante. A confiança para iniciar um trabalho, que assim fica mais feliz. Hoje creio que estão todos felizes, e para isso é importante estar ganhando. Sempre olhando para a vitória”, analisou Ceni, após a vitória nos pênaltis sobre a agremiação de Parque São Jorge.

Se a carência de elenco só pode ser resolvida com mais contratações, o técnico são-paulino promete insistir nos treinos de finalização para ao menos corrigir a pontaria de seus jogadores. “A gente criou muitas chances, lamentamos sair daqui sem fazer gol. Vamos trabalhar bastante finalização. É algo muito particular, tentar fazer com eles criem a confiança”, concluiu.

Rogério Ceni e seus auxiliares têm até o dia 5 de fevereiro para solucionar esses problemas. Nesta data, o São Paulo estreia oficialmente na temporada, em duelo contra o Audax, na Arena Barueri, pela primeira rodada do Campeonato Paulista.

Por Gazeta Esportiva

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA