Raio-X de Ceni: veja quem sobe de cotação com o técnico no São Paulo

0
205
Rogério Ceni faz primeiras avaliações em período nos EUA (Foto: Rubens Chiri/ saopaulofc.net)

A delegação do São Paulo começa a chegar ao Brasil na noite desta segunda-feira, após 18 dias de permanência nos Estados Unidos, onde realizou a pré-temporada e venceu o Torneio da Flórida, batendo o rival Corinthians na decisão.

E, após 15 dias de trabalho, dois jogos-treinos e duas partidas oficiais, é possível dizer que, analisando o elenco, alguns jogadores deixaram o solo americano em vantagem com Rogério Ceni. Alguns por serem versáteis, outros por terem brilhado nos confrontos realizados nos EUA.

E ainda tem aqueles que mostraram serviço nos treinamentos realizados no IMG Academy. Abaixo, o GloboEsporte.com faz uma análise disso.

DEFESA

Sidão – Sem dúvida, o maior destaque da equipe. Começou as duas partidas na reserva de Denis, mas acabou sendo o herói ao defender dois pênaltis contra o River Plate, na semifinal, e mais dois na decisão diante do Timão. Sua atuação o coloca à frente de Denis na disputa por uma vaga na equipe titular, situação que só será decidida pelo técnico nos treinos que serão retomados na capital paulista a partir do dia 25. Mostrou que, acima de tudo, tem estrela.

Buffarini – Será peça muito importante no esquema do novo técnico. Mesmo improvisado na lateral esquerda, já que originalmente atua pela direita, deu conta do recado. Além disso, é experiente, característica fundamental para a temporada que começa, já que o São Paulo está recheado de jovens no seu elenco.

Sidão, goleiro do São Paulo, recebe troféu de melhor jogador (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)Sidão foi eleito melhor jogador do Torneio da Flórida. O prêmio? Troféu do Mickey (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)


Rodrigo Caio
– Se no ano passado, o camisa 3 se firmou atuando na zaga, em 2017 ele deve ter a polivalência como característica, já que tem atuado ora no sistema defensivo, ora como volante no meio-campo. E deu boa dinâmica ao setor de criação da equipe, principalmente pela facilidade de sair com a bola dominada. É o que o Ceni quer: jogadores versáteis, que facilitem a mudança de esquema tático dentro de uma partida sem que seja necessário queimar uma substituição.

Breno – Para quem perdeu praticamente o ano passado inteiro por causa de uma lesão no joelho direito, disputar toda a pré-temporada e participar de um jogo oficial é algo que deve ser comemorado pelo zagueiro, que mostrou serviço. Sua atuação foi importante, principalmente porque Ceni tem sete zagueiros à disposição no elenco, o que deve promover uma forte competição no setor.

MEIO-CAMPO

Cícero veste a camisa do São Paulo (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)Cícero se apresentou no meio da pré-temporada, mas foi bem (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)


Thiago Mendes
– Assim como em 2016, foi o motorzinho do meio-campo nas partidas contra River Plate e Corinthians. Tem vaga garantida no esquema tático de Rogério Ceni porque sabe quando precisa jogar recuado e sobe ao ataque sem medo quando liberado. Resta saber quem será seu companheiro no setor, já que ora o treinador são-paulina escala a equipe no 4-3-3, ora no 3-4-3 e ainda tem o 4-1-4-1.

Wesley – Apesar da torcida ter uma birra enorme com ele, tanto Rogério Ceni quanto Michael Beale estão encantados com o jogador. Primeiro pela facilidade de atuar em várias posições. Segundo, pela postura mostrada nos treinos. É muito provável que não tenha lugar como titular, mas certamente será um dos reservas mais usados.

Cícero – Assim que a condição física melhorar (ele se apresentou em Bradenton no meio da pré-temporada), será titular. Sua experiência conta muito, a dinâmica de jogo agrada bastante à comissão técnica e ainda tem a seu favor o fato de ser alto, o que ajuda a equipe na bola aérea defensiva e ofensiva. Certamente será arma em jogadas do tipo.

João Schmidt – Está aí o maior problema de Rogério Ceni, que é fã do futebol do volante, mas sabe que irá perdê-lo no meio do ano, já que não houve acordo para a renovação de contrato. O meio-campista já tem tudo acertado com o Atalanta para se transferir no início da próxima temporada do futebol italiano. Pelo que mostrou nos treinamentos, teria bola para ser titular.

ATAQUE

Wellington Nem – Um dos reforços contratados para 2017, deixou ótima impressão em todos do clube. Rápido, infernizou a defesa do River Plate na estreia do Torneio da Flórida e também foi um dos melhores da equipe no clássico contra o Corinthians. Será titular da equipe de Rogério Ceni mesmo com o retorno de David Neres, que está na seleção brasileira sub-20.

Gilberto – Mesmo não sendo o centroavante dos sonhos da torcida são-paulina, teve desempenho superior ao de Chavez nos treinos da pré-temporada e nos jogos contra River Plate e Corinthians. Com contrato até o final do ano, será muito utilizado por Rogério Ceni. O gol do título do Torneio da Flórida, contra o Timão, sem dúvida, vai lhe dar muita confiança para o restante da temporada.

Wellington Nem, do São Paulo (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)Wellington Nem mostrou serviço em seus dois primeiros jogos pelo São Paulo (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)
Por GloboEsporte.com

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA