Inter acerta empréstimo de joia da base do São Paulo para time B

0
103
Joanderson, em ação pelo Cruzeiro em 2016
(Foto: Reprodução/ SporTV)

Enquanto vasculha o mercado para encontrar novas peças a Antônio Carlos Zago, o Inter também colhe frutos para seu time B. O Colorado acertou a contratação de Joanderson, atacante lapidado como uma das principais promessas das categorias de base do São Paulo, por empréstimo por duas temporadas, com opção de compra fixada ao término do vínculo. Em 2016, o garoto defendeu o Cruzeiro, também por empréstimo.

O jovem de 20 anos, inclusive, já está em Porto Alegre para realizar exames médicos antes de ser oficializado pelo novo clube. Joanderson é uma indicação do coordenador das categorias de base do Inter, Diego Cabreira, que trabalhou com o atleta no São Paulo. O atacante conta com o aval de Antônio Carlos e pode ganhar chances em breve no grupo principal.

– O Joanderson tem um perfil muito interessante. Sempre com muito destaque por todas as categorias. Sempre foi goleador. É conhecido pela capacidade de fazer gols. Passou pela Seleção. Como todo jogador de destaque, às vezes não tem uma sequência em seu clube. Acontece muito. Nada disso é uma surpresa. Teve oportunidade no Cruzeiro, não foi bem sucedido. Mas acreditamos no potencial e que possa render no Inter – afirma Cabrera ao GloboEsporte.com.

Joanderson é cria do São Paulo e se acostumou a conviver no ambiente do CT de Cotia desde muito cedo. No Tricolor, o atacante se destacou com gols, em especial em 2015. Foi o artilheiro da equipe na campanha do título da Copa do Brasil sub-20. Também participou das conquistas da Copa Ouro e da Copa RS.

O jovem era um dos destaques da geração de David Neres, vendido pelo clube paulista ao Ajax, da Holanda, por 15 milhões de euros (R$ 50,7 milhões) nesta segunda-feira. Mas o garoto acabou perdendo espaço em 2016 e ficou fora da Libertadores da categoria. No profissional, ainda viu o então técnico Edgardo Bauza o preterir por Pedro, no Paulistão.

Ainda em 2016, Joanderson foi emprestado ao Cruzeiro, também com vínculo por duas temporadas, e com possibilidade de ser alçado ao grupo profissional. As chances, porém, não apareceram, e o jovem teve passagem discreta pela Raposa. Agora no Inter tenta retomar o brilho já apresentado pelo São Paulo. Seu vínculo com o Tricolor paulista vai até 2021.

Por GloboEsporte.com

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA