Florida Cup: Feliz com novo desafio, Rogério Ceni quer deixar marca do São Paulo no torneio

0
85

 

Principal novidade do São Paulo para 2017, Rogério Ceni está muito feliz com a função de treinador e quer começar o seu trabalho com o pé direito. Se preparando para a temporada, o Tricolor irá disputar a Florida Cup, e o novo treinador comentou a importância no sentido de marketing e desenvolvimento de futebol de levar a marca do clube ao torneio.

“Estou muito feliz nessa nova função, é um novo desafio, diferente do que a gente vivia dentro do campo. Agora a responsabilidade é muito maior, o tempo para desenvolver exercícios, treinamentos, novos desafios, saber lidar com pessoas. Mas está sendo bacana, um projeto que eu espero que dê certo no futuro”, disse Ceni em entrevista à TV da Florida Cup.

“A gente nunca sabe a condição física exata de um atleta. Foram dois dias de treino em São Paulo e serão 11 aqui. Assim não podemos exigir muito, só posso prepará-los para 5 de fevereiro (estreia no Paulistão, contra o Audax), onde a responsabilidade é de vencer. Claro que queremos começar com vitória, até porque estamos trazendo a marca do clube para um país importante no sentido de marketing e desenvolvimento de futebol, que é o Estados Unidos. É um torneio que vem crescendo a cada ano e é sempre uma experiência valiosa, uma experiência internacional. Você sai daquela rotina de CT”, acrescentou o treinador.

A estreia do São Paulo no torneio será no dia 19, contra o vencedor de River Plate (ARG) e Millonarios (COL). Ceni não acredita que o São Paulo seja favorito contra os possíveis adversários, e comentou sobre as mudanças no elenco da equipe do Morumbi.

“Como é início de temporada, não é um campeonato longo e envolve River Plate Vasco e Corinthians, qualquer favoritismo por clube ou nome não deve ser considerado. Até porque nosso time que mudou bastante, investiu pouco dinheiro em contratações e mesmo assim mudou muito, agora com 50% do elenco formado na base e alguns jogadores sem condições que vão trabalhar para tentar estrear no primeiro jogo da Florida Cup. A gente tem que saber que gastou pouquíssimo para montar um time, apenas R$ 300 mil, enxugamos a folha de pagamento e temos um grupo disposto a vencer mesclado a experiência dos mais velhos com o impeto da juventude dos meninos que estão tendo a sua primeira oportunidade”.

Rodrigo Calvozzo / Goal Brasil

Por fim, conhecido por sempre orientar os seus companheiros em campo quando era goleiro, o Mito comparou as principais mudanças para a sua atual função de treinador. Além disso, Ceni explicou o que espera do seu time em campo.

“Na verdade você auxilia o seu companheiro dentro de campo, você canta muito as jogadas, você tem uma visão muito privilegiada de jogo, visão que agora será totalmente diferente, uma visão lateral de jogo e não de linha de fundo. Mas eu sempre tentei auxiliar aqueles jogadores que jogavam na minha frente, jogadores mais próximos. É o que eu sempre falo pra eles, quanto mais você fala, menos você corre, porque automaticamente você está mais organizado. Um time de mudos normalmente vai correr mais, não tem quem canta antes o jogo antes. Falando mais, você tem mais sucesso. Um time que joga em 40 metros não vê distâncias, penetra nas linhas adversários e mantém as nossas protegidas. Esse é nosso objetivo.”

Por Yahoo! Esportes

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA