2017 vêm aí…

0
1844
Rubens Chiri/São Paulo

Alô, Nação!

Falta pouco menos de um mês para finalmente entrarmos em 2017 e o próximo ano deve ser de muitas novidades para a torcida do São Paulo, uma vez que, na reta final deste ano, o Tricolor anunciou diversas mudanças dentro do clube, entre elas a contratação de Rogério Ceni como novo técnico da equipe. Além da nova comissão técnica formada por Ceni, jogadores dispensados, Wellington Nem e também o novo patrocínio do Tricolor.

Rogério Ceni: Hoje, na parte da manhã, Ceni foi apresentado oficialmente no CCT da Barra Funda como novo técnico do Tricolor. Mais de 100 pessoas, entre jornalistas, fotógrafos e sócios torcedores aguardaram ansiosamente a entrada do ídolo são-paulino, que conduziu firmemente a entrevista e respondeu com bastante objetividade e tranqüilidade as perguntas feitas ali. O que pudemos observar é que Rogério demonstra muita confiança em seu novo trabalho, e reiterou o seu amor pelo São Paulo em diversos momentos da entrevista.

Durante a coletiva, Ceni também falou sobre a contratação de Sidão, e não descartou utilizar Denis ou Renan Ribeiro durante o ano de 2017, e sim que a vinda de um novo goleiro servirá para elevar o nível de competitividade entre os jogadores. Além de exaltar os torcedores, salientou que os preços de arquibancada para o Campeonato Paulista deveriam continuar com valor popular, para ter sempre casa cheia;

Rogério também afirmou que fará mudanças em treinamentos, onde serão adaptados de forma intensa e com curta duração, como é de praxe na Europa.

Comissão técnica: Ao falar sobre sua equipe técnica, Rogério apresentou dois nomes, sendo eles: Michael Beale, ex-técnico do sub-23 do Liverpool, e o francês Charles Hembert.

Segundo Ceni, Michael foi indicado por um amigo e não poupou elogios ao inglês. O assistente gringo, além de ser bem-sucedido na carreira no futebol de base, é autor de vários livros sobre o desenvolvimento de jogadores, com diversas técnicas para  implementar aos atletas nas mais variadas posições.  “100 treinos para desenvolver seus zagueiros”, “140 treinos de finalização” e “Como formar um centroavante criativo”, são alguns dos livros escritos por Beale.

Já Charles Hembert trabalhou com a Seleção Brasileira na Copa América, onde conheceu Ceni. Durante a coletiva de apresentação, Rogério falou rapidamente sobre Hembert e explicou que a princípio o francês será uma sombra de Michael em campo. Durante rápida pesquisa, descobrimos que Hembert era Executivo de Operações Desportivas em uma agência de marketing esportivo chamada ‘Pitch International’.

Michel Bastos e Carlinhos: Os dois jogadores, que fizeram parte do time titular do Tricolor durante o ano, devem ser dispensados pelo Tricolor. Todos eles foram liberados das atividades diária do CCT. Mesmo com contrato até 2017, ambos não fazem parte do planejamento que o Tricolor está montando para a temporada que vem. Como a dupla não seria utilizada diante do Santa Cruz, a diretoria decidiu dispensá-los mais cedo com o intuito de antecipar eventuais negociações. A idéia é que tanto Michel quanto Carlinhos sirvam de moeda de troca por reforços.

Pintado comentou sobre o caso em coletiva de imprensa no início da semana e, indiretamente, afirmou a dispensa dos jogadores: “Infelizmente no futebol é assim, os que têm mais garrafa vazia para vender acabam pagando a conta muitas vezes. Dentro de um grande clube, essas cobranças existem”.

Wellington Nem: O carioca de apenas 24 anos vem para reforçar o Tricolor no próximo ano e foi bem recebido pelos torcedores em redes sociais. Apresentado na última quarta-feira, 7, o atacante destacou que se sente mais maduro atualmente, com mais responsabilidades, e foi categórico ao lembrar que pretende seguir jogando na ponta direita. Famoso por sua velocidade e habilidade, o jogador de 1.67m destacou que quer ganhar todos os títulos possíveis. Wellington, que ainda pertence ao clube ucraniano Shakhtar, tem empréstimo até dezembro de 2017.

Novo Patrocínio: Com cinco patrocínios definidos (Prevent Senior, Copa Airlines, Tim, Garotade, Joli e Corr Plastik) o Tricolor anunciou na última terça-feira, o sexto patrocinador para a temporada de 2017, a marca de produtos alimentícios, Urbano. A marca tem atuação no beneficiamento de arroz, feijão e macarrão de arroz e é sediada em Jaraguá do Sul (SC). Além da presença nos uniformes, a empresa deverá realizar diversas ações digitais, como inserção da marca em placas estáticas no Centro de Treinamento, além do uso do rótulo de “Patrocinador Oficial do São Paulo Futebol Clube”. O acordo, com validade de um ano, renderá ao clube 30% a mais do que a parceria de 2016, mas os valores não foram divulgados.

Uniforme Preto e Verde: Não podemos finalizar a coluna semanal sem citar o fatídico acidente com a equipe da Chapecoense e desejar em nome de todos os integrantes do SPFC 1935, nossas condolências a todos os familiares dos que faleceram, e muita força aos que ainda se recuperam.

Lembrando também que neste domingo, 11, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro, o Tricolor jogará contra o Santa Cruz no Pacaembu e como forma de solidariedade, entrará em campo com camisa preta e verde em apoio a Chape, e após a partida o uniforme será leiloado e a renda será revertida ao clube catarinense.

#ForçaChape

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA