Modesto e Leco discutem trocas e deixam a bola na mãos dos técnicos

0
337

Os presidentes de São Paulo e Santos, Carlos Augusto de Barros e Silva e Modesto Roma Júnior, se reuniram nesta sexta-feira em um restaurante na Baixada Santista para uma conversa que envolve a troca de jogadores para 2017. O mandatário santista confirmou o encontro à Gazeta Esportiva e destacou o fato de nenhum dos dois ter o interesse em fazer nada escondido. Celso Leite, famoso conselheiro do Peixe, publicou uma foto dos presidentes juntos em sua conta no facebook.

Não é de hoje que Leco e Modesto desfrutam de um bom relacionamento e isso pode facilitar nas tratativas. Nesta sexta, cada um colocou sua intenções e nominou os jogadores de seu interesse. Agora, Modesto conversará com Dorival Júnior e Leco com Ricardo Gomes. A opinião dos técnicos será fundamental para qualquer acordo. Os dois terão poder de vetar um eventual desejo das diretorias.

Modesto e Leco se reuniram em um restaurante na Baixada (Foto: Reprodução Facebook)Modesto e Leco se reuniram em um restaurante na Baixada (Foto: Reprodução Facebook)
Modesto e Leco se reuniram em um restaurante na Baixada (Foto: Reprodução Facebook)

Não é segredo para ninguém que Michel Bastos é o maior nome envolvido. O meia não tem mais clima no Tricolor do Morumbi e é bem visto pelos santistas. Outro que anda encostado no CT da Barra Funda e desperta o interesse do clube da Vila Belmiro é o jovem zagueiro Lucão.

A missão do Santos é encontrar jogadores em seu elenco que satisfaçam os anseios são-paulinos. Nomes como Ricardo Oliveira e Lucas Lima estão descartados. O plano alvinegro é montar um time forte para a Libertadores de 2017. Mas, o meia Rafael Longuine, o atacante Thiago Ribeiro e jovens que Dorival não tem aproveitado com frequência podem entrar na lista.

As conversas podem não dar em nada. Mas, já não resta mais dúvida sobre o interesse das duas partes em trocar jogadores para formar os elencos da próxima temporada sem envolver gastos financeiros ou, de preferência, diante de custos baixos. E Michel Bastos é o carro chefe de toda essa negociação entre São Paulo e Santos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA