Maicon espera que Ceni coloque o São Paulo no eixo com nova postura

0
236

Rogério Ceni nem mesmo assumiu o cargo de técnico do São Paulo e já se tornou na grande esperança até mesmo dentro do elenco para que o time esqueça a péssima temporada de 2016 e ressurja forte na próxima temporada. Um dos principais líderes da equipe, Maicon rasgou elogios ao ex-goleiro e agora técnico e fez coro ao discurso de Rodrigo Caio sobre a necessidade de uma mudança de postura entre os jogadores para que o clube, enfim, consiga acabar com o jejum de quatro anos sem conquistar título.

“Graças a Deus que tem gente pensando em mudar. Espero que ele consiga colocar a equipe no eixo em postura. Muitos jogadores precisam melhorar a postura. A equipe em si precisa. Quando ganha, todos ganham. Quando perde, todos perdem. Então precisamos todos mudar essa postura e tenho certeza que, pelo que o Ceni foi como jogador, vai conseguir melhorar isso”, vislumbrou o zagueiro, que nunca trabalhou com o ídolo tricolor, mas já foi buscar informações.

“Pelo que me falaram, ele vai ser muito rigoroso, de personalidade e sem aceitar corpo mole, o que vai nos ajudar muito na próxima temporada”, disse, reforçando a tese de que a atitude dos atletas não têm sido a melhor possível. A própria personalidade de Rogério Ceni e os exemplos deixados de sua época de jogador são vistos como cruciais.

“Jogador, se não tiver raiva na derrota e não trabalhar para aprimorar, não tem êxito. Se o Rogério passar esses fundamentos que ele teve como jogador para o elenco, teremos um ano de muito sucesso”, comentou Maicon, mais uma vez em tom de quem está torcendo muito para que a aposta da diretoria traga resultados positivos.

O incômodo de Maicon com a fase que o São Paulo atravessa é tão grande que o zagueiro garantiu que não vai se importar se Rogério Ceni decidir por outro capitão. Vale lembrar que o novo treinador carregou a mesma braçadeira em 971 jogos.

“Quero jogar com ele, primeiramente. Quero fazer parte da equipe e ajudar ele e o clube. Não penso em ser capitão, embora goste de fazer isso. Se tiver que continuar, vou continuar. O objetivo é jogar e ser campeão. Eu quero ser capitão, mas não faz diferença”, avisou Maicon.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA