Kaká aprova retorno de Marco Aurélio e é cauteloso sobre Ceni virar técnico

0
171
Mesmo nos Estados Unidos, Kaká segue acompanhando os bastidores do São Paulo (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Ídolo do São Paulo e atualmente no Orlando City, dos Estados unidos, Kaká acompanha o clube de coração mesmo à distância. Convidado para um evento com os pilotos da Ferrari Sebastian Vettel, Kimi Raikkonen e Marc Gené, no Autódromo de Interlagos, o jogador aprovou o retorno de Marco Aurélio Cunha como diretor executivo do Tricolor e foi cauteloso sobre a possibilidade de o ex-goleiro Rogério Ceni assumir o comando técnico do time.

“Foi um ano difícil para o São Paulo, mas sou otimista. Foi um ano de lições e aprendizados, fico feliz com a volta do Marco Aurélio, um cara que ajuda muito no futebol, no São Paulo principalmente. Esse ano já eliminando a questão do rebaixamento é importantíssimo, e aí pensar o que foi feito de errado para o ano que vem não repetir”, declarou o atleta de 34 anos em uma entrevista rápida a jornalistas que compareceram ao evento realizado na tarde desta quinta-feira.

Kaká defendeu as cores do São Paulo de 1999 a 2003 e posteriormente em 2014, tornando-se um dos líderes da equipe, assim como Rogério Ceni. O meio-campista disse ter conversado com o amigo recentemente sobre a possibilidade de o ex-goleiro se tornar treinador do Tricolor.

“É uma hipótese. O Rogério tem muito talento dentro e fora de campo, como um líder tem todas as qualidades, agora é muito diferente ser jogador e treinador. Por isso eu digo que é uma hipótese. Com certeza o Rogério vai ser um excelente treinador. Ele está se preparando, fazendo cursos, conversamos há uns dias atrás, mas se vai ser no São Paulo ou não, quando vai ser, aí a gente tem que esperar um pouco”, concluiu.

Certo é que Rogério Ceni se prepara para virar treinador do São Paulo. Em setembro concluiu mais uma etapa de um curso promovido pela Federação Inglesa de Futebol e nas últimas semanas passou por um estágio com o técnico do Sevilla (ESP), o argentino Jorge Sampaolli, a quem admira pelo estilo ofensivo de suas equipes. Dentro do clube paulista, o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, não descarta contratar Ceni já no ano que vem, embora dê respaldo publicamente a Ricardo Gomes.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA