Chávez revela conselhos de Lugano durante período sem balançar as redes

0
165

O atacante Andrés Chávez ficou quase dois meses sem marcar gols pelo São Paulo, e quebrou o jejum no último sábado, no clássico contra o Corinthians, em vitória por 4 a 0, no Morumbi. Anteriormente, seu último tento havia sido em setembro, diante do Figueirense, em triunfo por 3 a 1.

Durante o período sem marcar, no qual o atacante são-paulino recebeu críticas, um companheiro de elenco teve papel fundamental na manutenção da confiança do argentino: o zagueiro Diego Lugano.

“O Lugano é um grande amigo. Ele sempre incentiva os companheiros, é um líder, me apoiou bastante. Mesmo no banco, ele vive o jogo, incentiva, torce. Antes do jogo, ele disse para comemorar bastante caso marcasse, porque são momentos assim que dão mais confiança”, contou o camisa 9, ao site oficial do clube.

Chávez também afirmou que espera retomar uma sequência de partidas balançando as redes, até o fim da temporada. O São Paulo tem mais quatro duelos pelo Campeonato Brasileiro, começando na próxima quintaa-feira, às 19h30 (de Brasília), diante do Grêmio, no Morumbi.

“A partir desse momento, espero conseguir voltar a marcar mais vezes. No clássico, tive uma situação no primeiro tempo. Depois outra clara no segundo. Tinha pensado muito antes do jogo, com muita vontade de encerrar a seca. Felizmente deu certo, e agora estou mais confiante nesta reta final de temporada”, enfatizou.

Desde que chegou ao Tricolor, em julho, o atacante já disputou 18 partidas no Nacional, marcando seis gols. Sua estreia aconteceu no dia 31 de julho, em empate por 2 a 2 com a Chapecoense. Na Copa do Brasil, foram dois jogos, com um tento assinalado.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA