São Paulo visita o Grêmio em possível despedida de Bauza

0
31

A partir das 16 horas (de Brasília) deste domingo, o São Paulo poderá estar se despedindo de Edgardo Bauza, um dos nomes cotados para assumir o cargo de técnico da seleção argentina. Caso seja o escolhido pela AFA (Associação de Futebol Argentino), o Patón comandará o Tricolor paulista à beira do campo pela última vez no duelo contra o Grêmio, em Porto Alegre, válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O meia Giuliano, da equipe gaúcha, nem essa oportunidade terá, já que foi vendido ao futebol russo e virou desfalque de última hora para Roger Machado.

Tentando se adaptar às recentes ausências de Jonathan Calleri, Paulo Henrique Ganso e Alan Kardec, o clube do Morumbi buscará a vitória fora de casa para voltar a se aproximar do G4. No momento, o São Paulo aparece na nona posição, com 22 pontos, quatro a menos que o Santos, primeira equipe dentro da zona de classificação à Copa Libertadores da América, e cinco atrás do Grêmio, terceiro colocado.

Por isso, o zagueiro Diego Lugano vê o duelo como fundamental para as aspirações tricolores. “Ganhar do Grêmio, um rival direto, é importante para provar que temos condições de brigar pelo título”, ressaltou o uruguaio, antes de analisar o próximo rival e comparar a situação de ambas as equipes.

“A gente já viu o Grêmio jogando em casa, um time que tenta pressionar com quatro homens em cima, mas vai ter desfalques como o São Paulo. Dois times que estão com mudanças de jogadores importantes e vamos tentar superar esse obstáculo para conquistar os três pontos importantes”, avaliou.

Já que Ytalo operou o joelho e perderá o restante da temporada, Bauza mandará a campo Gilberto, que fará sua primeira partida como titular com a camisa tricolor, ficando à frente da linha de três armadores formada por Centurión, Cueva e Michel Bastos. Já Wesley herdou a vaga de Hudson, suspenso da partida em função do cartão amarelo levado no empate contra o Corinthians, no último domingo, e fará dupla de volantes com Thiago Mendes.

Se Patón poderá comandar pela última vez o time paulista, Giuliano já não terá mais a chance de se despedir. Após 108 jogos e 18 gols com a camisa tricolor, o meia não joga mais pelo Grêmio. O jogador aceitou uma proposta do Zenit, da Rússia, que deve render 1 milhão de reais por mês de salário a ele (segundo o jornal Zero Hora) e 7 milhões de euros (cerca de R$ 25 milhões) ao clube tricolor.

Giuliano deixa o clube sem títulos, mas com muito carinho da torcida e dos jogadores. É considerado um dos exemplos de profissionalismo do grupo tricolor, pela dedicação nos treinos e nos jogos – disputou metade da temporada de 2016 descontado devido a uma fascite plantar. “Muitos falam do Giuliano, que não corre como antes, mas não é nada fácil se dedicar com ele se dedica com a dor na planta do pé”, afirmou o técnico Roger em abril.

Seu substituto, de acordo com o técnico Roger, será Negueba, pelas características semelhantes. As demais novidades confirmadas no time tricolor estão na lateral esquerda, na zaga e no ataque. O jovem Iago, 21 anos, assumirá a vaga deixada por Marcelo Oliveira, lesionado – o reserva habitual, Marcelo Hermes, está afastado do grupo por não renovar contrato. O zagueiro Wallace Reis, ex-Flamengo, voltará ao time titular após lesão. No ataque, com a ausência de Luan, Miller Bolaños voltará à equipe titular no seu lugar.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO X SÃO PAULO

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data: domingo, 24 de julho de 2016

Horário: 16 horas (de Brasília)

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)

Assistentes: Nadine Bastos e Helton Nunes (ambos de SC)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Wallace Reis e Iago; Maicon, Jaílson, Negueba, Douglas e Éverton; Miller Bolaños.

Técnico: Roger Machado

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Lugano, Maicon e Mena; Thiago Mendes, Wesley, Centurión, Cueva e Michel Bastos; Gilberto.

Técnico: Edgardo Bauza

  • Sports & Recreation
  • Soccer
  • Edgardo Bauza
  • Grêmio
  • Porto Alegre
  • Paulo Henrique Ganso

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA