São Paulo defende tabu de nunca ter perdido na Arena do Grêmio

0
31
Luis Fabiano encara a marcação de Souza, em jogo válido pelo Brasileirão 2013, na Arena Grêmio (Fonte: noticias.bol.uol.com.br)

 

Após sucumbir nas semifinais da Copa Libertadores da América, o São Paulo volta suas atenções totalmente ao Campeonato Brasileiro, em que ocupa o modesto nono lugar, com 22 pontos. O próximo compromisso do Tricolor será o Grêmio, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), na arena da equipe gaúcha, onde o time do Morumbi jamais foi derrotado.

 

Desde que o Estádio Olímpico foi desativado para jogos, o São Paulo não perdeu mais para o Grêmio em Porto Alegre. A última vez que a agremiação paulista caiu para o rival na capital do Rio Grande do Sul foi em 2012 – 2 a 1, na ex-casa do time gaúcho.

 

A partir da inauguração do novo estádio gremista, em dezembro de 2012, as duas equipes se enfrentaram em três oportunidades, sempre pelo Brasileirão. Nesse ínterim, o Tricolor paulista conseguiu um empate e duas vitórias na arena.

 

Em 2013, o Grêmio buscou o empate por 1 a 1, com Kleber Gladiador, após Luis Fabiano abrir o placar. No ano seguinte, o goleiro Rogério Ceni venceu Marcelo Grohe em cobrança de pênalti e deu a vitória aos paulistas. Já no último embate, realizado na temporada passada, os atacantes Pato e Rogério, atualmente no Corinthians e Sport, respectivamente, marcaram pelo São Paulo, enquanto Everton diminuiu para os gremistas.

 

Além de tentar a manutenção do tabu, o Tricolor paulista buscará uma vitória em Porto Alegre para subir na tabela de classificação e se aproximar do G4. No momento, o time comandado por Edgardo Bauza aparece no nono lugar, com 22 pontos, quatro a menos que o Santos, primeira equipe dentro da zona de classificação para a Libertadores.

 

Com uma campanha de seis vitórias, quatro empates e cinco derrotas, o São Paulo, no entanto, não abriu mão de sonhar com o título nacional, segundo o zagueiro e ídolo Diego Lugano. Dez pontos atrás do líder Palmeiras, o clube do Morumbi antes precisa diminuir a diferença para o Grêmio, terceiro colocado, com 27.

 

“O São Paulo, por sua história e pelo elenco, tem a obrigação de ser campeão. Não podemos pensar só no G4 ou Libertadores. O Palmeiras aproveitou muito bem o começo do campeonato, coisa que o São Paulo não tinha essa vantagem por estar na Libertadores. Ganhar do Grêmio é importante, um rival direto, para provarmos que temos condições de brigar pelo título”, avaliou o uruguaio de 35 anos.

  • Sports & Recreation
  • Soccer
  • Porto Alegre
  • Grêmio
  • Campeonato Brasileiro

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA