Recuperado, Kelvin lamenta ausência na Libertadores e vê Bauza “focado”

0
55

No dia 23 de junho, Kelvin machucava a coxa esquerda no empate sem gols com o Sport, no Morumbi, virando desfalque para as semifinais da Copa Libertadores da América, torneio do qual o São Paulo acabaria eliminado pelo Atlético Nacional-COL, que conquistou o título na última quarta-feira. Completamente recuperado de um estiramento no músculo posterior, o meia-atacante lamentou sua ausência naquelas decisões, mas garante estar com a “cabeça boa” para voltar ao time titular de Edgardo Bauza.

“Foi um mês difícil, não esperava machucar. Seria um dos jogos mais importantes, vinha ajudando bem a equipe. Fiz tratamento para voltar em um dos jogos, mas não consegui. Mas faz parte do passado, estou de cabeça boa e focado para recuperar bem. Ainda não estou 100% de confiança, mas isso volta ao normal com sequência”, relatou Kelvin, durante entrevista coletiva concedida nesta quinta-feira, no CCT da Barra Funda.

“Sabíamos que era possível estar nessa final, mas infelizmente o futebol é assim. Não fizemos um bom jogo em casa e lá foi muito difícil. Faz parte do passado, confesso que fiquei triste por não estar nesses jogos, mas acontece”, acrescentou, referindo-se à decisão em que o Atlético Nacional saiu como campeão ao vencer o equatoriano Independiente del Valle, por 1 a 0, em Medellín.

Questionado se os jogadores do São Paulo trabalham com a expectativa de ser o último treino de Bauza, Kelvin admite que o elenco tem “consciência” da possibilidade de o Patón deixar o clube para assumir a seleção argentina. Ao mesmo tempo que garante que seu treinador está com a cabeça voltada ao Tricolor.

“Temos consciência disso. Todo mundo já viu que a especulação está bem forte na Argentina. Mas não está nada fechado, ele está aqui, focado no São Paulo. Dá para ver nos treinamentos, passa confiança, está com a cabeça no clube. Vamos aceitar essa confiança para que a equipe corresponda”, avaliou.

Titular nos treinos de Edgardo Bauza nesta semana, Kelvin deve retornar ao time principal do São Paulo neste domingo, às 11 horas (de Brasília), na partida contra a Chapecoense, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 22 pontos, o Tricolor ocupa o nono lugar do torneio nacional, um posto à frente da equipe catarinense, que tem a mesma pontuação, mas uma vitória

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA