O São Paulo precisa ser uma equipe consistente a partir de agora

0
581

Chegamos a um ponto importante na temporada. O Brasileirão está chegando a sua metade e a Copa do Brasil logo menos baterá na nossa janela. O ponto é que passou da hora do São Paulo de Edgardo Bauza conseguir uma consistência para ter chances de brigar pelo título nas duas competições ou pelo menos garantir uma vaga na próxima edição de Taça Libertadores.

Em toda a temporada de 2016, o São Paulo não conseguiu uma sequência de vitórias, no máximo duas consecutivas. No Campeonato Brasileiro, é muito importante ter uma sequência de resultados positivos para conseguir chegar ao topo e muito mais consistência para lá se manter.

Patón pediu os reforços e eles chegaram. Buffarini era um sonho antigo que acabou se tornando realidade. Chavez chegou para tomar conta do ataque, além do meia Cueva, que já mostrou que pode dar uma nova cara ao estilo de jogo. Não dá para esquecer também das ótimas promessas da base como Luiz Araújo e Lucas Fernandes, além de outros que tem potencial para contribuir na equipe de cima.

Mesmo que o elenco ainda esteja longe do nível que todo torcedor são-paulino gostaria, o Tricolor não pode atuar de forma brilhante numa semana e na outra aparecer apático em campo. Posso usar como exemplo os três últimos jogos que realizamos.

A equipe fez um ótimo primeiro tempo contra o Atlético Nacional, na segunda partida da semifinal da Taça Libertadores e acabou sendo derrotada nos detalhes de arbitragem. Na sequência veio o perigoso clássico contra o Corinthians e Bauza e companhia conseguiram neutralizar o adversário e quase sair de Itaquera com os três pontos. Quando você acha que o time finalmente entrou no trilho, vem uma atuação pífia contra o Grêmio e a derrota por 1 a 0.

Essas coisas não podem acontecer e chegou a hora de mostrar ao que veio no torneio nacional de pontos corridos. Faltam apenas três partidas para acabar o primeiro turno e é obrigação conquistar 100% de aproveitamento nelas. No domingo, receberemos a Chapecoense. Na quinta, o Atlético-MG é o adversário da vez. No fim de semana vamos ao Arruda enfrentar o Santa Cruz. Ou seja, duas partidas no Morumbi e outra contra um dos sérios candidatos ao rebaixamento.

Esses nove pontos dariam uma grande moral para Bauza e companhia para abrir bem o segundo turno e embalar no Brasileirão. Lembrando que receberemos o Botafogo no Morumbi, então porque não pensar em pelo menos quatro vitórias consecutivas ou pelo menos sem perder, não é mesmo?

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA