Na mira da seleção argentina, Bauza é eleito 15º melhor técnico do mundo

0
626

Edgardo Bauza foi eleito o 15º melhor técnico do mundo pela conceituada revista inglesa Four Four Two, ficando à frente de grandes nomes do futebol mundial,como os técnicos do Borussia Dortmund, Chelsea e Tottenham. O treinador do São Paulo, responsável por levar o clube à semifinal da Libertadores, é um dos principais nomes cotados para assumir o comando da seleção argentina, carente de um comandante desde a demissão de Tata Martino após o fim da Copa América Centenário, em julho.

Na publicação, a revista categoriza Bauza como o homem que levou o São Paulo a “redescobrir sua identidade, formando um sistema sólido e difícil de ser batido”. Ex-zagueiro, Patón aparece como especialista em construir equipes compactas e parece que, mesmo sendo estrangeiro, vem se adaptando bem ao futebol brasileiro.

“Na maioria dos países as equipes jogam de 45 a 55 jogos em uma temporada. No Brasil, com os torneios regionais, jogamos entre 75 e 80 partidas. Isso te força a mudar métodos de treinamentos e dificulta o ganho de regularidade. Há muitas lesões. Mas eu sou uma pessoa do futebol, é por isso que me adapto rapidamente a um novo clube. Eu vou de casa para o centro de treinamento e do centro de treinamento para casa.

Tendo alcançado quatro semifinais de Libertadores com quatro clubes diferentes, incluindo dois títulos da competição continental – pela LDU, em 2008, e San Lorenzo, em 2014 – Bauza lida com as consequências do seu bom trabalho nos últimos anos. O treinador são-paulino é um dos favoritos para assumir a vaga de técnico da seleção argentina e, apesar da crise na federação de futebol do país e os 23 anos sem um título, parece que ele não se importaria em aceitar o cargo.

“Para muitos seria um risco desnecessário assumir a seleção argentina, mas eu não ligo em colocar meus pés na lama. Eu nasci na lama”, finalizou o 15º melhor treinador do mundo.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA