Buffarini visita CT, assina contrato e fará exames nesta quinta

0
66

O lateral direito Julio Buffarini desembarcou no Brasil na tarde desta quarta-feira e já visitou o CCT da Barra Funda. O argentino assinou contrato válido pelos próximos três anos e será submetido a uma bateria de exames médicos nesta quinta-feira, quando deverá ser apresentado oficialmente.

“Estou muito contente com a possibilidade de jogar no São Paulo, porque é um clube grande e com uma história vitoriosa. É uma alegria grande, e espero corresponder positivamente neste novo desafio na minha carreira. O São Paulo é um clube importante, com tradição, e estou com muita gana de fazer parte desta equipe tão vencedora”, vibrou o jogador de 27 anos.

Contratação feita a pedido do técnico Edgardo Bauza, Buffarini, agora ex-San Lorenzo, custou aos cofres do Tricolor 1,8 milhão de dólares (cerca de R$ 6 milhões). Os dois compatriotas trabalharam juntos na campanha do título da Copa Libertadores da América de 2014, quando o clube argentino conquistou o inédito troféu.

“É uma alegria grande poder reencontrar o Patón, porque vivi momentos marcantes com ele. Conquistamos títulos e pudemos conhecer o Papa Francisco, que foi um momento especial na minha vida. Quero retribuir a confiança dele, e trabalhar firme para dar alegria ao torcedor são-paulino”, contou, esperançoso em repetir o sucesso da primeira parceria.

“Oxalá possamos repetir o sucesso que tivemos na Argentina. A confiança do Bauza me motiva bastante. Estou preparado para honrar as cores do clube e brigar por títulos”, acrescentou o atleta revelado pelo Talleres-ARG.

A negociação teve desfecho na última terça-feira após a Fifa dar o aval para que a transferência pudesse ser regularizada. No mesmo dia, Buffarini publicou mensagem em sua conta no Instagram, dizendo que será para sempre um torcedor do San Lorenzo, ao passo que celebrou a oportunidade de atuar pelo São Paulo.

Na lateral direita, o Patón ainda conta com Bruno, atual titular, Mateus Caramelo e Auro. Versátil, Buffarini ainda pode atuar como ponta na linha de três do meio, atrás do centroavante. Nessa última posição, terá a concorrência de Kelvin.

“Joguei os últimos três anos como lateral direito, mas em toda a minha carreira atuei como volante. Então, em qualquer função pelo lado direito do campo, eu posso mostrar o meu futebol em diferentes posições. Também já joguei como ponta direita e me sinto à vontade para atuar na frente. Estou à disposição do treinador e preparado para tentar ajudar os meus novos companheiros”, concluiu.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA