Bauza admite sair do São Paulo se não tiver reforços: ‘Será difícil continuar’

0
954
Bauza pode até deixar o Tricolor caso não cheguem reforços (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Edgardo Bauza pressionou fortemente a diretoria do São Paulo para conseguir reforços. Em entrevista ao programa argentino, Gol de Vestuario, o técnico admitiu deixar o comando do time caso não consiga novos jogadores para o elenco.

“Se você não trouxer os jogadores será muito difícil continuar, embora eles estejam tentando. Já falei com os dirigentes, se não temos jerarquía (algo como jogadores de peso) adiante será muito difícil”, disse nesta segunda-feira.

Desde que chegou ao clube, Bauza tem solicitado reforços dentro das características desejadas. O São Paulo, no entanto, não passa por um momento bom financeiramente e encontra dificuldades no mercado. Para piorar a situação, Paulo Henrique Ganso foi vendido recentemente, enquanto Jonathan Calleri não permaneceu no elenco após a eliminação na Copa Libertadores.

O time tricolor tem apenas até esta terça-feira para contratar nomes de fora do futebol brasileiro. Depois do prazo, serão permitidos apenas atletas que atuam no Brasil. Um dos desejos de Bauza era Hernán Barcos, do Sporting. O treinador chegou a conversar com o atacante, mas não teve sucesso.

“Conversei com Barcos, mas a situação dele na Europa é complicada”, contou.

Outro desejo era o lateral-direito Julio Buffarini, do San Lorenzo. De acordo com Bauza, a ideia do São Paulo era ter o atleta por empréstimo, o que não aconteceu. Assim, o clube tenta encontrar uma forma de contratar o jogador para satisfazer a necessidade do técnico.

“Com Buffarini tivemos contatos, mas a negociação é complicada. O clube queria um empréstimo por Buffarini, mas não aconteceu. Ainda seguem negociando”, afirmou.

Fonte: Espn.com.br

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA