AFA deixa Bauza em segundo plano e deverá priorizar Sampaoli

0
132

A AFA, Federação de futebol da Argentina, segue sua busca por um novo treinador para comandar sua seleção principal. E em meio a sondagens a diversos nomes, a entidade indica que, no momento, a possibilidade de Edgardo Bauza assumir o cargo perdeu força, com Jorge Sampaoli sendo o nome preferido dos dirigentes.

Em contato com a rádio La Red, o presidente da comissão normalizadora da AFA, Armando Perez, admitiu a dificuldade de tirar Sampaoli do Sevilla, mas ressaltou que “não se dará por vencido” e viajará para a Europa na tentativa de convencer o treinador. Devido à crise econômica que a Argentina passa, a Federação vê como quase impossível pagar a multa rescisória do técnico.

“Sampaoli é difícil para a AFA neste momento, mas é alguém disposto e que tem interesse na seleção. Tentaremos algo por ele”, revelou Perez.

A entidade ainda desejaria contar com ajuda do governo argentino para pagar a multa do comandante do Sevilla, tratado internamente como a primeira opção para o posto. Dessa maneira, nomes como o de Edgardo Bauza e Miguel Angel Russo, apesar de já terem se reunido com a AFA para discutir propostas, perderam a força.

Perez ainda anuncia que deverá se reunir com outros dois treinadores tratados como opções, caso o negócio com Sampaoli não venha a se concretizar: Ramón Diaz e Carlos Bianchi. Totalmente descartados pela entidade estão os nomes de Marcelo Bielsa, Maurício Pochettino e Diego Simeone.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA