A decisão já começa amanhã

1
723
Luis Fabiano, em ação contra o América Mineiro, em 2011 (Foto: gazetapress.com)

Neste domingo, o São Paulo enfrenta a equipe do América Mineiro pela 14º rodada do Campeonato Brasileiro. No histórico do confronto, os times já se enfrentaram onze vezes, e o Tricolor Paulista tem ampla vantagem. São oito vitórias e três empates. Nunca fomos derrotados pelo adversário mineiro, e essa é a melhor hora de manter esse tabu, visto que o adversário é o lanterna do campeonato, com apenas oito pontos.

A partida acontece no estádio do Morumbi, palco da desastrosa e dolorosa derrota para o Atlético Nacional na última quarta-feira. Exigir que os jogadores, mesmo sendo reservas, tenham total concentração no jogo, é uma tarefa muito complicada. A decisão de Edgardo Bauza de escalar um time reserva em outras partidas do Campeonato Nacional, inclusive nessa partida, só demonstra o quanto diretoria, comissão técnica e jogadores se atiraram de cabeça no torneio internacional.

Ter apostado todas as fichas na Libertadores sempre foi muito arriscado, e talvez sofreremos a consequencia desse ato, pois alguns times já dispararam no campeonato, e o São Paulo acabou ficando pra trás, dez pontos do líder Palmeiras. Diante deste cenário, buscar o título Brasileiro ficou ainda mais complicado, visto que o Soberano não possuí um elenco extraordinário que se sobressaia em relação aos seus adversários. Há ainda o agravante das eminentes saídas de atletas chaves do elenco, como Paulo Henrique Ganso e Calleri, que não possuem substitutos à altura.

Mas, nesse momento, a torcida deve ficar ao lado do time, ignorando os possíveis erros  cometidos e apoiando incondicionalmente, afinal de contas, somos o clube da fé e reverter esse resultado é improvável, porém não é impossível. O América não tem semelhança alguma com o Atlético Nacional, apenas nas cores do seu escudo. A vitória no jogo de amanhã, além de ser fundamental para manter o São Paulo na parte de cima da tabela, servirá como motivação extra para a decisão da semana que vem.

Vamos vencer o América, e depois conquistá-la! Eu acredito!

Avante meu Tricolor!

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA