Após negociações, veja com quem Osorio pode contar no São Paulo

0
70
No total, o técnico
colombiano tem 32 jogadores à disposição, 13 são atletas revelados pelas
categorias de base do clube
Por Marcelo Prado
As recentes vendas de jogadores, a
impossibilidade de contratar reforços por falta de recursos e os recorrentes
atrasos nos salários fizeram o São Paulo mergulhar em uma crise que culminou na
queda da equipe na tabela do Brasileirão. 
O time, que disputava a liderança da
competição há duas rodadas, já não vence há três e agora está dois pontos atrás
do G-4. 
Com
um elenco enfraquecido, o técnico Juan Carlos Osorio terá de trabalhar duro
para recolocar o time nos eixos. 
O
GloboEsporte.com mostra ao torcedor são-paulino quais são as peças com as quais
o treinador pode contar após as mudanças que ocorreram nas últimas semanas.
O
que chama a atenção é a presença cada vez maior de jovens revelados pelo CT de
Cotia, destinado às categorias de base. Dos 32 jogadores à disposição de
Osorio, 13 são garotos
GOLEIROS
Rogério Ceni ainda tenta conquistar um título no último ano de contrato (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
Para
o gol, o clube não tem problemas e está muito bem protegido até o final do ano,
quando termina o contrato do goleiro e capitão Rogério Ceni. 
Rogério
Ceni–
 vem
jogando em bom nível, fazendo gols e boas defesas.

Renan Ribeiro – nas duas vezes em que jogou, foi
muito bem e ganhou pontos com o torcedor. 
Denis – segue se recuperando de lesão no ombro
direito e voltará a treinar em agosto. 
Léo – é o quarto goleiro e não tem perspectiva de
ser utilizado. 
Lucas Perri – um dos promovidos neste ano, tem
alternado os treinos do profissional com os jogos do sub-20 para se manter em
atividade.

LATERAIS
Nas
alas, Juan Carlos Osorio tem problemas pelos dois lados, já que os titulares
alternam muito de rendimento, enquanto os reservas não mostram serviço quando
escalados.
Bruno
 um
dos reforços para 2015, começou mal, cresceu, mas voltou a cair nos últimos
jogos.

Carlinhos – virou titular novamente com a lesão de
Reinaldo, mas é muito irregular. Ofensivamente vai bem, mas deixa a desejar no
setor de marcação. 
Reinaldo – é um dos jogadores mais criticados pela
torcida, mas está nos planos do técnico Juan Carlos Osorio e será novamente
utilizado.
Auro – cria de Cotia, chegou a ser titular com
Muricy, mas acabou barrado por marcar muito mal. De lá para cá, teve poucas
oportunidades. 
Matheus Reis – um dos destaques do time que
disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior, é elogiado por sua polivalência,
já que pode jogar como lateral e meio-campista. Vai ganhar espaço.

ZAGUEIROS
Rafael Toloi é o zagueiro mais rodado do elenco tricolor e volta no domingo (Foto: site oficial / saopaulofc.net)

O setor tem apresentado problemas. Paulo
Miranda foi vendido, e Dória ainda negocia a renovação do empréstimo. São
poucas opções, e as peças utilizadas estão falhando constantemente.
Rafael Toloi  – titular com Osorio,
se recupera de uma pancada no joelho e deve voltar ao time na partida de
domingo, contra o Fluminense, no Morumbi.

Lucão – retornou da Seleção sub-20 e cometeu
falhas na derrota por 2 a 0 para o Atlético-PR, na última quarta. Ainda assim,
terá espaço com Juan Carlos Osorio, que pensa em escalar seu time com três
zagueiros.
Edson Silva – era a quinta opção e não contava com
muito prestígio. Com a indefinição sobre Dória e o problema de Toloi, jogou
contra o Atlético-PR e não teve boa atuação. Não agrada.
Breno – contratado no início do ano, ainda não
tem condições de jogo. 
Lyanco – contratado quando ainda estava na
base, foi chamado para ser observado no time profissional e já jogou diante do
Atlético-PR. Falta de experiência pesa.
Rony – subiu na mesma condição de Lyanco.
  


VOLANTES

Em
um mês, o setor se desmontou, com as saídas de Souza, Denilson e Rodrigo
Caio. 
Hudson – é o único jogador
do elenco que atua na função de primeiro volante. Será titular.

Thiago Mendes – escalado mais recuado contra o
Atlético-PR, teve boa atuação e poderá ser utilizado novamente dessa maneira.
Osorio gosta muito do seu futebol.
Wesley – o reforço que chegou durante o Paulista
ainda peca pela irregularidade. Não se firmou.
João Schmidt – voltou após empréstimo e será
observado pelo treinador colombiano. Pode ganhar chance. 

MEIAS
Paulo Henrique Ganso segue em busca do bom futebol que ficou no passado (Foto: Site oficial do SPFC) 
As opções são de muita
qualidade, o problema é que atualmente não estão rendendo o esperado. Talvez
seja o setor onde os garotos da base têm mais chance de se firmar.

Ganso – há
tempos, não tem uma boa atuação. Lento e disperso em campo, é facilmente
marcado e pouco acrescenta na criação de jogadas.
Michel Bastos – no primeiro semestre, foi decisivo em várias partidas. Atualmente,
vive fase  irregular e tem sido questionado pelos constantes erros nas
finalizações.
Boschilia – xodó da torcida, não deve demorar a ter chance entre os titulares.
Voltou valorizado da seleção sub-20, que conquistou o vice-campeonato no
mundial da categoria.
Centurión – outro que é muito querido pelos torcedores, mas ainda não mostrou
o futebol que fez um investidor contratá-lo do Racing, por R$ 14 milhões. Peca
pela irregularidade.
Daniel – contratado
em janeiro, chegou machucado e terá condições de jogo em um mês.

ATACANTES
Luis Fabiano deve voltar ao time na partida de domingo, contra o Fluminense, no Morumbi (Foto: Site oficial do SPFC)
Outro
setor em que os medalhões não têm rendido o que podem.
Luis
Fabiano –
 em fim de contrato, cresceu de produção, mas ainda não pode ser
considerado titular com Osorio.

Alexandre Pato – irregularidade é a palavra
que melhor define seu momento no Tricolor. Alterna bons e maus momentos. Nos
dois últimos jogos, contra Palmeiras e Atlético-PR, foi bem, apesar das
derrotas.
Alan Kardec – recupera-se de lesão no joelho e só
voltará ao time no final da temporada.
Jonathan Cafu – tem sido elogiado pelo técnico
colombiano, foi titular contra o Atlético-PR e pode ganhar novas oportunidades.
João Paulo – destaque na Copinha no começo do ano,
ainda está sendo lapidado.
Luiz Araújo – está no mesmo nível de João Paulo e
não deve ser usado tão cedo.
Ewandro – não tem prestígio com Osorio, tanto que
não vem sendo relacionado.
Fonte: Globoesporte.com

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA