Pabon: o dono dos gols bonitos

0
49
Pabon chegou e
já está liberado para jogar. E temos nele algo que muitos torcedores pedem com frequência
nos jogos: “– Gosto de chutar, de mudar o ritmo da partida. Fiz muitos gols de longa
e média distância. Mas preciso trabalhar muito para conquistar o meu espaço”. Chutes
de fora da área.

Atacante prometeu acabar com as carências em finalizações
Foto: Site Oficial do São Paulo (Rubens Chiri)

O colombiano já
recebeu elogios públicos de Muricy, e com o ataque reformulado (Pato deve jogar
em março pela Copa do Brasil), o colombiano tem tudo para brilhar. Têm circulado na
internet alguns vídeos com seus belos gols, para o deleite e entusiamo do torcedor
tricolor. A principal queixa do treinador nos dois últimos jogos foi a finalização,
da qual Muricy não está nem um pouco satisfeito. A declaração dada ao final do jogo
dessa quinta-feira deixa clara a sua preocupação e ansiedade com esse setor: “Como
sempre, o adversário vem atrás da bola, e nós com a obrigação de termos profundidade
e velocidade. Tivemos isso no segundo tempo e poderíamos ter feito mais gols. Melhorou
um pouquinho”, afirmou o técnico. 


Você sabia?
 
Encontro entre Rogério Ceni e Aristizábal em 2013
Foto: Site Oficial do São Paulo (Rubens Chiri)

O único jogador
colombiano até hoje a passar pelo São Paulo foi o ex-atacante Aristizábal, que também
elogiou muito a performance do goleador. Ao site oficial do São Paulo, afimou: “-
Ele tem tudo para dar certo no futebol brasileiro, porque é rápido e sabe fazer
gols. Sabe jogar com facilidade e chuta forte. No São Paulo, que sempre atua para
frente, ele poderá se destacar. Além disso, é importante ter alegria para jogar
futebol, e o Pabon tem isso. Sinto que eu e ele temos isso. Por onde passou o Pabon
mostrou isso e, se conseguir manter essa alegria, tem tudo para dar certo”.


Expectativas do torcedor 

As principais queixas
do torcedor têm sido finalizações (qual torcedor não se lembra daquele jogo contra
o Atlético-MG pela Libertadores, no Morumbi, onde inúmeras chances de gol foram desperdiçadas),
número de passes errados (que devido a pré-temporada têm sido constantes, mas estão
melhorando progressivamente), falhas da zaga… mas nenhuma falha perturba mais
o sono do torcedor que perder boas chances de gol. Pabon tem o domínio e arrisca chutes de
fora da área sem medo. Precisamos justamente disso. Um pouco mais de ousadia no
ataque não faz mal a ninguém.

Contamos com você,
Pabon! Seja bem vindo!

Por: Aretha Freitas

Twitter: @arefreitas

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA