Osvaldo dificilmente fica em 2014 e Inter e Ucrânia podem ser destinos

0
30

Ao contrário do que ocorreu no meio do ano, diretoria tricolor não deve segurar o atacante. Metalist manifesta desejo no jogador e o Colorado é uma saída em negociação interna

A chance de Osvaldo iniciar a temporada de 2014 como jogador do São Paulo é mínima. Sem espaço no time titular, o atacante ainda tem mercado e, diferentemente do que aconteceu no meio do ano, desta vez a diretoria do Tricolor não vai segurá-lo. Alguns clubes já demonstraram interesse pela contratação dele, entre eles o Internacional e o Metalist (UCR).

Os ucranianos tentaram levar Osvaldo no primeiro semestre, mas a proposta foi recusada já que o atacante estava em alta, era um dos principais jogadores do São Paulo e até havia sido convocado à Seleção Brasileira. Sem o camisa 17 tricolor, o Metalist investiu em Diego Souza, do Cruzeiro. Na negociação, o atacante Willian foi ao clube mineiro.

Agora, os ucranianos manifestaram desejo novamente. Na mesma época, o Shakhtar, também da Ucrânia, procurou Osvaldo. No início do ano quem fez uma sondagem pelo atacante foi a Roma (ITA). Os representantes dele estão no exterior em busca de uma solução para o caso.

Outra saída pode ser uma negociação interna. O São Paulo cogita envolver o atacante em uma negociação com o Internacional. Do Colorado, o Tricolor tem interesse no lateral-esquerdo Fabrício e no atacante Gilberto, que disputa o Campeonato Brasileiro pela Portuguesa.

Um acordo não é simples porque a relação entre as duas diretorias não é das melhores e sempre há dificuldade na hora de negociações. No entanto, Gilmar Veloz, empresário de Osvaldo, tem bom trânsito no clube gaúcho e pode ajudar nesse aspecto.

A esposa de Osvaldo está grávida e o atacante aguarda o nascimento de seu primeiro filho. Aos 26 anos, o jogador chegou ao Tricolor no início de 2012 e tem contrato até 2015 com o clube. Na temporada, o camisa 17 foi às redes em apenas cinco oportunidades e o último gol foi no dia 28 de fevereiro, contra o The Strongest (BOL), pela Libertadores.

De olho no planejamento para 2014, Muricy Ramalho deu chance e escalou Osvaldo como titular na última rodada, contra o Criciúma. Mas o camisa 17 não conseguiu participar de nenhuma chance clara de gol e foi substituído na segunda etapa. Na quinta-feira, não foi treinar porque estava com uma virose e dificilmente terá chances no domingo.

Sobe
Seleção
Osvaldo foi um dos destaques do São Paulo no começo do ano. O jogador era a válvula de escape pelo lado esquerdo. Além de marcar gols, dava assistência aos companheiros e ajudava na marcação. As boas atuações fizeram com que ele fosse convocado pela primeira vez à Seleção.

Resquícios do título
Osvaldo terminou a temporada anterior em alta. Aliás, o atacante fez um dos gols no 2 a 0 do São Paulo diante do Tigre (ARG), na final da Copa Sul-Americana.

Desce
Jejum de gols
Osvaldo não marca desde o dia 28 de fevereiro, quando balançou as redes diante do The Strongest (BOL), pela Copa Libertadores. Nesta temporada, o atleta já foi às redes em cinco oportunidades.

Perda de espaço
Por causa do baixo rendimento, Osvaldo perdeu espaço na equipe. Na chegada, o técnico Muricy Ramalho deu a ele oportunidades, que não foram bem aproveitadas. No último domingo, atuou contra o Criciúma.

Osvaldo jogou muito no ano passado, talvez a ausência do Lucas, limitou um pouco seu futebol nesse ano também. 

Fonte: Lance!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA