Mineiro: “Dia muito especial”

0
11

“Dezembro é muito especial pra mim. Todo ano, quando chega este mês, recordo com carinho o que a gente viveu”. Assim o ex-volante Mineiro, autor do gol que deu o tricampeonato mundial ao Tricolor, em 2005, relembra a épica partida contra o Liverpool-ING (1 a 0). No dia 18 de dezembro daquele ano, no Japão, o time brasileiro bateu os ingleses e escreveu mais um capítulo na sua vitoriosa história.

O ex-camisa 7, que não tinha o hábito de balançar as redes adversárias, surpreendeu a defesa inglesa após lindo passe de Aloísio e, com categoria, tocou na saída do goleiro Reina. Festa da torcida são-paulina, que compareceu em grande número ao Estádio Internacional de Yokohama, e festejou o tricampeonato conquistado. “Isso está marcado na minha vida e nunca vai mudar”, completa o ex-meio-campista.

Dono do passe que coroou a vitória Tricolor, Aloísio também não esquece o lance. “Brinquei que fui um Ronaldinho paraguaio e o Mineiro teve a frieza do baixinho Romário (risos). A gente treinava bastante e fazia este posicionamento. Quando dominei a bola, o neguinho (Mineiro) passou gritando. Já tinha tentado dar aquele passe umas cem vezes e nunca tinha conseguido. Felizmente aquela noite Deus abençoou e deu certo na primeira vez”, brincou.

Gaúcho de Porto Alegre, Mineiro se consagrou no São Paulo pelo seu futebol, fôlego e vigor. Exímio marcador, do gênero incansável, ainda arriscava avanços ao ataque e chutes de longas distâncias. Estas eram apenas algumas qualidades do jogador que bastaram para enquadrá-lo entre os melhores de todos os tempos do Tricolor.

Defendendo o Tricolor, além do Mundial de Clubes, Mineiro conquistou a Libertadores da América e o Campeonato Paulista, ambos em 2005, e o Campeonato Brasileiro de 2006. Foram 126 jogos com a camisa são-paulina e 14 gols marcados.

“Esse carinho que tenho pelo clube é algo até difícil de explicar. Sempre que visito o CT da Barra Funda e revejo os amigos, acabamos relembrando o gol e contando algumas histórias. São coisas marcantes e que ficam na memória”, finalizou o ex-volante do São Paulo.

18.12.2005 – Yokohama (Japão)

Estádio Internacional de Yokohama

LIVERPOOL Football Club 0 X 1 SÃO PAULO Futebol Clube

LFC: Reina; Finnan, Carragher, Hyppia e Warnock (Riise); Sissoko (Sinama Pongolle), Gerrard, Xabi Alonso e Luis Garcia; Kewell e Morientes (Peter Crouch). Técnico: Rafa Benítez.

SPFC: Rogério Ceni; Fabão, Lugano e Edcarlos; Cicinho, Mineiro, Josué, Danilo e Junior; Amoroso e Aloísio (Grafite). Técnico: Paulo Autuori.

Gol: Mineiro, 26’/1.

Árbitro: Benito Armando Archundía Tellez (México)
Assistente 1: Arturo Velasquez (México)
Assistente 2: Hector Vergana (Canadá)
Público: 66.821 pagantes

Saudades desta equipe vitoriosa!!

Fonte: Site Oficial
Redator: Farlei Xavier 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA