Ganso fica, e Jucilei é descartado; Lúcio, Rhodolfo e Cortez estão fora

0
42

Paulo Henrique Ganso continuará sendo jogador do São Paulo em 2014. Depois da evolução no segundo semestre, o meio-campista voltou a ser assediado, mas o presidente Juvenal Juvêncio garante que não o venderá na próxima janela de transferências. Situação bem diferente de outros atletas, que dificilmente pisarão no Morumbi novamente.

– O Ganso está mostrando agora seu grande futebol. Então, pode avançar mais – disse o dirigente.

Em alta desde a contratação do técnico Muricy Ramalho, Ganso virou a estrela são-paulina na reta final da temporada e chamou a atenção novamente. De acordo com o blog Bastidores FC, o jogador está na mira do Milan. A diretoria diz que não recebeu ofertas dos italianos.

A mesma certeza Juvenal não dá sobre o futuro de jogadores que fizeram o caminho oposto. São os casos do meia Jadson e do atacante Osvaldo. Ambos brilharam no primeiro semestre, mas despencaram de rendimento a partir da segunda metade e acabaram o ano no banco de reservas. 
– Vão depender de ofertas importantes – disse o presidente.  Jogadores que estão emprestados a outros clubes devem continuar fora do São Paulo. O lateral-esquerdo Cortez, repassado até o meio de 2014 ao Benfica, pode ir para outra equipe – também por empréstimo. O Tricolor pagou R$ 6 milhões para contratá-lo do Botafogo. Já o zagueiro Rhodolfo, cedido ao Grêmio pelo mesmo período, pode ter os direitos negociados. Ele custou ao Tricolor cerca de R$ 2,3 milhões.
– Cortez eu vou emprestar para um time aí que quer. O outro, talvez, eu faça uma negociação.
O zagueiro Lúcio, afastado desde julho, também não terá uma nova oportunidade. O presidente são-paulino quer colocá-lo no mercado para ficar livre dos altos salários. O Palmeiras surgiu como um possível destino, mas a diretoria do Tricolor descartou pagar parte dos vencimentos. O zagueiro pentacampeão chegou ao São Paulo sem custos de rescisão de contrato. O problema é que o custo mensal dele é considerado muito alto pela diretoria tricolor: R$ 500 mil. Desse montante, o clube paga R$ 300 mil e um patrocinador arca com o restante, R$ 200 mil. 
– Vou ver se empresto ou vendo o Lúcio – afirmou Juvenal.
Juvenal desistiu de contratar o volante Jucilei, do Anzhi, da Rússia. O clube europeu pediu cerca de € 5 milhões pelos direitos, valor considerado muito alto pelo São Paulo. O clube procura no exterior um volante.
– Não vem. É muito caro.

Temos de fazer contratações boas, para os espaços que estão em decadência no tricolor. 

Fonte: GloboEsporte.com                                                                           Redator: Farlei Xavier 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA