Um domingo qualquer

0
27
Por: Fernando Julio da Silva
Domingo, dia 28 de Abril de 2013. Não é quinta-feira, é hoje! Quinta-feira é dia 02 de Maio de 2013, e somente neste dia teremos o jogo contra o Galo, pela primeira partida das oitavas de final da Libertadores!
Tudo normal neste domingo… O dia ta lindo, faz sol, um tempo agradável com um pouco de calor… Domingo de recuperação do sábado, dia de curtição do povo brasileiro… Do mundo! Domingo de bola… De futebol, paixão brasileira! Domingo vermelho, cor que o Tricolor entrará em campo em breve, cor da raça, do sangue, do amor! 
Eu como um sanduíche rápido, e começo toda a preparação e os rituais para o Tricolor… Para o Domingo. Começo a cantar canções de apoio, enquanto vejo vídeos de gols do Tricolor, com a narração do José Silvério e do Amigão. Fico louco aqui em casa! Relembro momentos incríveis dessa Nação, desse manto vermelho, preto e branco. Sinto vontade de agradecer a existência do Tricolor, e sorrio, porque hoje é domingo… E hoje a gente tá junto, mais do que todos os dias. Aguardo até o último segundo para ver se vou de ônibus, mas aos 48 do segundo tempo, recebo a ligação do parceiro de todos os jogos do São Paulo… Parceiro da vida. Vou de carro com ele, e vamos conversando de futebol o caminho todo… 
Chegando nas proximidades do Templo do Morumbi, já se nota a massa que carrega as três cores, que leva na alma esse sentimento, e essa paixão. Como é bonito você olhar para o alto e ver esse Templo, a casa que você frequenta sempre, como se fosse de fato a sua segunda casa. Você olha para os lados, e vê a imensidão da Nação, chegando para reverenciar o time, para ser o time, para todos juntos cantarmos e empurrarmos uma vez mais… Mais um domingo. Sentamos um pouco na Praça Roberto Gomes Pedrosa, e aguardamos o ônibus do São Paulo chegar. Cantamos e pulamos, ansiosos com a entrada, e o início do jogo.
                                                     Foto: Fernando Julio da Silva
Tudo certo, estou dentro do Templo, aguardando o Tricolor entrar… Eis que o agito começa! Começam os cantos, a tal da energia que temos, até a entrada do Tricolor! Tudo isso faz com que o Templo do Morumbi exploda em festa, em gritos, em bandeiras sendo levantadas… É o momento em que mais somos um só… Somos o São Paulo Futebol Clube.
O jogo é praticamente o Tricolor atacando e o Penapolense defendendo. O vencedor do confronto jogará contra o Corinthians, pela semi-final do Paulistinha 2013. Jogo de muitos passes, muita paciência, e o Penapolense nos contra-ataques. Rogério Mito fez grandes defesas, como sempre! E com o segundo tempo em jogo, a torcida espera mais vibração, e claro, o gol! Lances de perigo ocorrem, bolas na trave, e festa no Morumbi. Pego meu celular, nervoso, para checar quanto tempo de jogo já tem, quando toca o alarme. É o lembrete para eu escrever essa coluna, afinal de contas, com toda a correria que cada um enfrenta no dia-a-dia, lembrar das coisas é preciso. E estou para pensar no que seria mais bacana para escrever, olhando o jogo com fé, explodindo com a Nação, quando vejo Osvaldo driblar dois, disputar a bola com o adversário, e após passar, colocar ela ali… GOL!!!!! UM GOLAÇO!!!!! OSVALDO, O ENDIABRADO OSVALDO!!!!! Como se ele entrasse na minha mente e dissesse para eu escrever sobre ele, sobre tudo isso! Ele é o cara! Ele dribla, vai para cima, e corre… Como corre!!!
A torcida faz a festa!!! Apito final, e todos comemoram!!! Sabemos que quinta-feira está aí… E já temos mais um jogo pela frente! Um jogo extremamente importante, e todos sabemos disso.
A Nação desce as rampas do Templo do Morumbi, e mais uma vez, lota as ruas do entorno! Todos fazendo festa, indo para as suas casas, para se preparar para a segunda-feira que vêm aí. Para a semana que vêm aí!
Chego em casa, e agradeço pelo dia de hoje! Por toda a festa, e toda a energia! Por essa mística Tricolor, essa fé… Esse manto Tricolor!!!… Esse domingo!

Domingo, dia 28 de Abril de 2013…

UM DOMINGO QUALQUER!

BOA SEMANA NAÇÃO TRICOLOR!!!!!

VAI SÃO PAULO!!!!!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA