Adia, Mito!

0
89

Por: Carlinhos (@carlinhosnovack)

Essa semana Rogério Ceni voltou a falar em aposentadoria, parece que infelizmente está chegando ao fim esse ciclo no São Paulo
O qual eu acho muito perigo para o gol, já que Dênis (na minha opinião) não está preparado para ser o novo goleiro titular da equipe, não falo “substituir Rogério Ceni”, pois o mesmo é insubstituível!

Vamos re-lembrar algumas coisas…
7 de Setembro de 2011 um dia pra história, não pela Independência do Brasil, o dia que seria “verde e amarelo”, se tornou vermelho, branco e preto no Morumbi e no coração de vários São Paulinos no Brasil, que se lembram de Dom Pedro I (?), não! Nesse 7 de Setembro, todos reverenciaram Rogério Ceni, goleiro? Jogador? Não! Um M1T000…
O que aconteceu no Morumbi, foi uma festa para ser reverenciada, eu achei ainda pouco, Rogério Ceni merece muito mais, li no twitter na época, que a torcida do São Paulo, quando quer, é grande… E nesse dia, mostrou grandeza!

Vou relatar um caso no qual aconteceu comigo, para vocês leitores, terem uma noção da grandeza de Rogério Ceni como pessoa… Me lembro que em 2010 por volta de Maio, Junho… Quando eu ainda dava meus primeiros passos como jornalista, fui ao CT do São Paulo para conhecer, como o sonho de todos que lá estão, o meu era conhecer o M1T000, esperei, esperei e esperei… Tinha comprado um livro – “Maioridade Penal” – com a história dele de 18 anos de São Paulo (como muitos devem conhecer), como falei, esperava ter seu autógrafo dedicado á mim na primeira página, era uma época que Denis estava sendo titular do gol por alguns jogos, e Rogério estava machucado, em tratamento… Parei no portão de entrada para ás piscinas, o segurança desceu e me disse: “Olha, me dá o livro pra eu levar pra ele autografar, já te trago”, ai, acabaram todas minhas esperanças de conhecê-lo, mas sabia que pelo menos o autógrafo eu teria… Foi quando o segurança desce a rampa de acesso, me entrega o livro, eu abro, e a folha estava em branco, eu perguntei o que tinha acontecido… Ele falou: “O Rogério falou que é pra vc subir que ele vai te atender, e vai dar o autógrafo pessoalmente”, a cada segundo que passava na subida dessa rampa, meu coração batia mais e mais forte, foi quando entrei na recepção, esperei alguns minutos, eis que passa Rogério Ceni subindo uma escada, era a primeira vez, mesmo que de relance, o vi pessoalmente, passando 2 minutos, desce novamente e vejo ele vindo em minha direção, confesso que meus olhos encheram de lágrima, ele veio, me comprimentou… Perguntou meu nome, conversamos por alguns minutos… Falei á ele os motivos dele ser meu ídolo, a humildade com a qual ele me atendeu foi impressionante! Entreguei o livro na mão dele, pedi o autógrafo e tirei foto…
A maior surpresa aconteceu no fim, ele me falou: “Você já deve ter camisas do São Paulo, então vou te dar uma coisa que vai te marcar, uma calça, que eu usei no ultimo jogo contra o Atlético Goianiense”, uma das maiores emoções da minha vida, ter uma calça que o M1T000 usou em um de seus 1.000 jogos… Essa que guardo com o maior carinho até hoje.
Na despedida, me acompanhou até a rampa perto dos seguranças, e comentou com um deles: “Acompanhe o menino, gente boa!” e me deu a mão… A partir desse dia, virei mais fã ainda dessa pessoa tão carismática e humilde chamado Rogério Ceni…

Me lembro na apresentação de Luis Fabiano no Morumbi (na qual eu estava presente, como membro da imprensa), a frase em que Rogério disse ao ver o estádio lotado para uma simples apresentação: “Eu achava que vocês eram grandes, hoje eu tenho certeza que vocês são os maiores!”

Provávelmente estamos vendo a última Libertadores sendo disputada pelo maior goleiro-artilheiro do mundo
Vamos lutar, apoiar, torcer, vibrar e fazer o que for por essa Libertadores, e mostrar que nos somos OS MAIORES! Ainda é muito pouco pelo que ele fez por nós e pelo São Paulo, mas o M1TO merece.

Mais de 1.000 jogos por um único clube, 109 gols, 23 anos de São Paulo, Capitão, Pai, LÍDER e MITO = Rogério Ceni!

E se possível: Adia, M1TO!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA