O adeus, ou até breve, de Casemiro

0
46
Por Ana Claudia Marioto (@KauMarioto)
Ontem uma peculiar notícia apareceu no clube. Nada parecido
era de se esperar, afinal estávamos finalmente nos ajeitando com o elenco, e
uma peça que não anda sendo das mais aproveitas, mas jamais seria para dispensar-se, se despediu da Barra Funda.
Casemiro foi emprestado ao Real Madri Castilla – equipe B do
tradicional clube espanhol.
Foto por Dorival Rosa
O meio-campista que não vinha sendo aproveitado por Ney
Franco, o que chegou a gerar críticas e reclamações públicas por ambas as partes
foi inicialmente emprestado ao clube europeu para jogar a 2ª divisão do
campeonato até o encerramento da temporada – final de junho. Porém a estadia de
Casemiro por lá ainda não tem um fim oficial, o interesse de continuidade de
contrato com o jogador, inscrito na Libertadores e com contrato pelo São Paulo
até 2016, é grande pela parte européia.
Motivos e razões lógicas são difíceis de encontrar neste
caso. O jogador, que mesmo não estando em posição de destaque, atualmente, no
elenco, mas que vem arrancando elogios por sua determinação e atuação por muitos lados
resolveu ir, e o clube que não está com o pior elenco, mas que não pode dar-se
ao luxo de dispensar atletas de tal nível deixou.
Valores precisos e desde quando ou como esta negociação aconteceu
não são divulgadas. Agora é sorte para o menino em gramados estrangeiros e que
ele possa voltar e jogar no Morumbi, onde é seu lugar.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA