Há 65 anos, Cícero P. de Toledo era eleito presidente do SPFC!

0
520

Por Camila Mazin

Cícero Pompeu de Toledo não é somente o nome do Morumbi, mas o de uma pessoa muito importante para a história do São Paulo. Presidente de honra do São Paulo Futebol Clube, é o “Eterno Presidente”. E há exatos 65 anos, em 30 de setembro de 1947, ele era eleito o homem mais forte do tricolor.

No ano de 1939, ingressou na política do clube como um dos dirigentes. Alguns anos mais tarde, em 1944, assumiu o cargo de Secretário da Diretoria, e assim permaneceu por dois anos. Após oito anos dentro do clube conhecendo a história, o time, a política, foi eleito presidente pela primeira vez em 1947, tendo seu mandato estendido até 1957. Como presidente, foi campeão paulista em 1948, 1949, 1953 e 1957.

Quando se fala em Cícero Pompeu de Toledo logo se faz uma ligação ao Morumbi, e não é á toa. Ele foi um dos maiores incentivadores à construção do maior estádio particular do país e o terceiro maior do Brasil, e por isso tem como homenagem seu nome batizando o Morumbi.

Devido a problemas de saúde, após o término de seu segundo mandato como presidente do clube, em 1957, se afastou e, infelizmente, faleceu antes de ver um de seus sonhos concluídos. Pois em 2 de Outubro de 1960 foi o inaugurado o Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi.

O sonho começou em 1952, quando, após receber da prefeitura o terreno na região do Morumbi, Cícero Pompeu de Toledo procurou Laudo Natel e lhe propôs assumir a administração do clube. Neste ano montou-se uma comissão em função da construção do estádio do São Paulo FC. Esse era o principal projeto do clube que acabou deixando o time com segunda importância.

Em 1953, iniciou-se a construção, e toda verba adquirida com a venda do Canindé, o então estádio do São Paulo, foi revertida em materiais para a construção do Morumbi. O clube teve uma pequena ajuda financeira da prefeitura, algo em torno de 5% do valor total da obra.

Depois de sete anos de obra, o estádio foi inaugurado com uma partida contra o Sporting de Portugal no qual o São Paulo saiu com a vitória por 1×0.

Hoje, o Morumbi é um dos melhores estádios do Brasil. Já recebeu partidas importantíssimas, jogos da Seleção Brasileira e turnês de artistas famosos como Queen, Madonna, U2, entre outros.

Um dos projetos atuais do clube até a Copa de 2014 é a ampliação do estacionamento, a cobertura do estádio, a construção de uma arena Multiuso para diferentes eventos, um museu para o clube e um hotel com centro de convenções.

Se estivesse vivo, Cícero Pompeu de Toledo estaria orgulhoso em saber que seu projeto, seu sonho, é, hoje, um dos melhores estádios do país, e ainda sofrerá algumas melhorias.

Se hoje temos o Morumbi como nossa casa, devemos tudo ao grande incentivador desse projeto que o iniciou há anos. Mais que um nome, mais que um estádio, Cícero Pompeu de Toledo é aquele a quem devemos respeito e eterna gratidão. Se hoje temos um estádio para chamar de nosso, é porque tivemos no passado alguém corajoso e dedicado ao São Paulo FC.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA