A primeira torcida organizada do Brasil era Tricolor

0
877

Por: Hugo Pita
@hugo1935

Salve, salve, galera Tricolor.

O assunto sobre torcidas organizadas tem diferentes opiniões nos dias atuais. Muitos gostam e acham que as organizadas são o pulmão de um time, enquanto outros preferem a extinção delas. Mas o fato é que essa história das torcidas já vem de muitos anos atrás. Mais precisamente, do ano de 1939.

O São Paulo ainda era um clube em formação e seus torcedores tiveram a ideia da criação de uma torcida, com nome e registro, para que o apoio nos jogos fosse muito maior. Manoel Raymundo Paes de Almeida foi o fundador do Grêmio Tricolor, que depois passaria a se chamar TUSP (Torcida Uniformizada do São Paulo).

No livro Saga de um Campeão, de Ignácio de Loyola Brandão, ele conta a história dessa Torcida:
“O Grêmio São-Paulino surgiu na Moóca, em 1939. Fazíamos tudo com entusiasmo e por nossa conta. Lembro-me do primeiro espetáculo que demos no Pacaembu. Uma festa maravilhosa, com serpentinas e confetes. Fizemos depois uma magnífica “marche auxflambeaux”, em 1943, quando a moeda caiu em pé e o São Paulo foi campeão. Montamos um carro alegórico, com uma moeda gigante de pé, e fomos, em cortejo de automóveis, buscar a Taça dos Invictos de A Gazeta Esportiva”.

A história da torcida também é contada por alguns torcedores muito conhecidos entre os são-paulinos e são-paulinas. São eles: Lima Duarte, Éder Jofre, Juca Chaves, etc.

Depois da TUSP, outras organizadas foram aparecendo no SPFC, e algumas delas estão até hoje: Independente (1972), Real Tricolor (1983), Dragões da Real (1984), Sampa e Orgasmo (1986), GarraTricolor (1989), Falange Tricolor (1990) e Metal Tricolor (1992). Em verdade, a Torcida Uniformizada do São Paulo se enfraqueceu após a dissidência de alguns integrantes que fundariam a Torcida Independente, sendo extinta em 1995, de acordo com a Revista Lance! Série Grandes Clubes (2001).

Como sempre, agradeço ao Michael Serra – historiador do SPFC – por disponibilizar seus conhecimentos sobre a história do São Paulo em seu blog: http://spfcpedia.blogspot.com.br

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA