Afinal, qual o problema do São Paulo?!

0
56
A inconstância acompanha o São Paulo desde o início de 2010, apresentando ao torcedor um time completamente diferente dos vistos entre 2005 e 2009. Após o tri brasileiro e a bola na trave em 2009 o tricolor amarga anos sem títulos, e depositou nos torcedores uma enorme agonia de não saber como o time se apresentará na próxima partida.
Desde então o São Paulo alterna entre boas, médias, e na grande maioria péssimas apresentações. Nesse momento sobre pra todo mundo, técnico, diretoria, presidente, preparador físico, torcida, time e até ídolos incontestáveis como Luís Fabiano e Rogério Ceni. Isso mostra o desespero de uma torcida acostumada com vitórias, vendo um time que poderia render muito se contentar com pouco.
A verdade é que o tricolor não mantém um programa de trabalho faz algum tempo, a troca frequente de técnicos e elenco prejudicou a formação de um time entrosado e competitivo, alguns podem afirmar que o primeiro grande erro foi dispensar o técnico Muricy Ramalho. Mas não podemos esquecer que parte do torcedor apoiou essa saída, assim como todas as mudanças realizadas até o momento. 
Olhando pra trás penso que poderíamos ter “segurado a onda” e insistido no trabalho que estava sendo realizado, por essa razão a responsabilidade precisa ser dividida, nós contribuímos com toda essa inconstância, apesar da decisão final caber sempre à diretoria. Vejam como exemplo o Corinthians, que manteve as esperanças no trabalho do Tite, mesmo após o vexame apresentado contra o Tolima. Teríamos nós são paulinos a mesma paciência?
Por essa razão penso que o mais correto é termos paciência, e entender que esse ano será de provação. Precisamos insistir e apoiar o trabalho realizado por Ney Franco, e confiar em uma reação na próxima pré-temporada. O apoio esse ano não deixa de ser importante, uma vaga na Libertadores seria o sonho, e uma na Sul Americana já se tornaria algo positivo tendo em vista o nosso futebol atual.
O elenco, apontado por muitos como a principal causa do fracasso tricolor, não é na minha análise ruim, apesar de poder ser melhor. Jogadores como Tolói, João Felipe, Douglas, Cortês, Casemiro, Jadson, Wellington, Osvaldo, Maicon, William José, Luís Fabiano, Lucas e Rogério Ceni são atletas que já foram ovacionados aqui ou em seus antigos clubes por diversas vezes. O problema é que não aprenderam a dar o melhor de si juntos, como uma equipe.
A desentrosamento gera falta de confiança, o que é fatal na vida de um atleta. Ela faz com que um bom jogador erre fundamentos básicos, que normalmente acertaria de primeira, e entre em atrito com o torcedor. Esse time precisa de tempo, e algumas peças serão trocadas. Mas o mais importante é estarmos lúcidos, apostar no trabalho, ajudar o time e criticar quando necessário, de forma construtiva.
E você, concorda? Qual o grande problema do São Paulo? E mais importante, o que devemos fazer?
Vai tricolor!!!
Isabelle Guerini – Torcedora apaixonada
Crédito de Imagens: Site terra

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA